26 February 2016

Ao vivo... Festival Rescaldo

Data - 25 de Fevereiro de 2016
Local - Galeria Zé Dos Bois
Notas - Pelo aquário da ZDB passaram dois projectos recentes da música alternativa portuguesa, Acid Acid e Plus Ultra.
Em meados do ano de 2014, o radialista Tiago Castro decidiu transpor para os palcos toda a sua paixão pela música. A partir de uma guitarra, um sintetizador e alguns samples começou por participar em alguns festivais, como por exemplo o Mucho Flow e o Reverence Valada. Nesta noite, na ZDB, apresentou alguns dos seus temas, com uma sonoridade que pode ser apelidada de estranha, em looping constante, com distorções e influências que tanto percorrem caminhos do Krautrock como do psicadelismo electrónico proporcionando ambiências estranhas mas envolventes. Um bom concerto de um bom músico, mas com um estilo musical muito difícil.
Após a curta actuação do Tiago Castro, seguiu-se a actuação dos Plus Ultra.
Esta banda oriunda do norte do país pode ser apelidada de super-grupo, já que são compostos por Gon, membro dos Zen, Kino dos Ornatos Vioelta e Azevedo dos Mosh.
Com uma guitarra e "duas" baterias, os Plus Ultra deram um excelente concerto de rock puro e duro, um rock de definição difícil, pouco melódico e anárquico, mas simultaneamente agradável e repleto de musicalidades e sonoridades que levavam à dança, tornando o ambiente do pequeno aquário próximo do insuportável, e não fosse a excelente prestação dos músicos teria sido difícil, mas atendendo ao espectáculo proporcionado ninguém se lembrou do calor.
Grande noite de música, ambiente quente, corpos suados e ritmos dançantes.

16 February 2016

Setlist... Tindersticks

Setlist do concerto dos Tindersticks na sala Volksbuhne, em Berlin

01 - Follow Me
02 - Second Chance Man
03 - Were We Once Lovers
04 - Help Yourself
05 - Hey Lucinda
06 - This Fear of Emptiness
07 - How He Entered
08 - The Waiting Room
09 - Planting Holes
10 - We Are Dreamers
11 - Like Only Lovers Can

12 - Johnny Guitar (Peggy Lee cover)
13 - Keep You Beautiful
14 - Medicine
15 - She's Gone
16 - Flicker
17 - Boobar Come Back To Me
18 - A Night So Still
19 - Sleepy Song
20 - This Fire Of Autumn
21 - The Other Side Of The World

Encore

22 - Slippin' Shoes
23 - Factory Girls

15 February 2016

Ao vivo... Tindersticks

Data - 13 de Fevereiro de 2016
Local - Volksbuhne, Berlin
Notas - Nem os problemas técnicos que originaram um atraso de uma hora no início do concerto, nem a ausência das cadeiras inicialmente previstas para que as pessoas se sentassem foram suficientes para que o concerto dos Tindersticks não fosse mais um a acrescentar à longa lista de momentos memoráveis que a banda liderada por Stuart Staples, tem proporcionado ao longo dos anos aos seus fans.
Numa noite musical com duas partes, a primeira foi preenchida com a interpretação na íntegra do mais recente trabalho deste grupo que se formou em Nottingham no já longínquo ano de 1992. Enquanto os temas de "The Waiting Room" - disco de grande nível, editado muito recentemente - eram tocados pelo grupo, no ecrã eram projectadas curtas-metragens que serviam de suporte a cada música, como se estivéssemos numa sala de cinema a vêr esses pequenos filmes com a banda-sonora dos mesmos a ser tocada em directo, provocando um efeito misto em que teríamos de ouvir e ver a música e de ver e ouvir as imagens, despertando todos os nossos sentidos, algo que, pessoalmente, me dá imenso prazer.
Após um pequeno intervalo, segundo Stuart Staples "iriam ser passados os créditos dos filmes", o grupo voltou para a segunda parte, durante a qual seriam tocados temas dos álbuns anteriores, tendo sido possível ouvir, canções de "The Hungry Saw" (2008) com natural destaque para "Boobar Come Back To Me"; de "Tindersticks II" (1995), com um belíssimo momento em "She's Gone"; "Falling Down a Montain"(2010), com a lindíssima "Keep You Beautiful"; "Johnny Guitar", uma cover de Peggy Lee; e ainda temas de "The Something Rain" (2012) o disco que fez com que os Tindersticks voltassem ao prazer de tocar, de estar em palco, sendo essa a ideia que transparece para quem os segue há muitos anos. Para além do brilhantismo musical que sempre tiveram, fica a ideia que este disco marca um ponto de viragem na obra do grupo e isso foi confirmado em 2013  com a edição de "Across Six Leap Years", disco em que Earl Harvin (bateria), Dan McKinna (baixo), Neil Fraser (guiatrra), David Boulter (teclas) e Stuart Staples (voz), pegaram em clássicos do grupos e revisitaram-nos, tocando-os com uma nova "roupagem", mais acústica e cada vez mais bela e sedutora.
O mais recente "The Waiting Room" confirma isto tudo, sendo seguramente um dos grandes discos do corrente ano.

01 February 2016

Ao vivo... Rafael Toral - Space Collective 3

Data - 29 de Janeiro de 2016
Local - Galeria Zé Dos Bois
Notas - Sendo que as suas actuações cada vez são mais raras, a expectativa para este concerto na Zé Dois era enorme.
Perante um aquário que não encheu, Rafael Toral apresentou-nos alguns temas da sua indefinida música, com uma sonoridade na qual se sente a liberdade de criação e de estilo, não estando amarrada a qualquer estrutura musical.
Fazendo-se acompanhar por Afonso Simões na bateria e por Ricardo Webbens em diversos instrumentos electrónicos, Rafael Toral conduziu-nos numa viagem musical com tanto de estranha como de cativante.
Na primeira parte actuou Bleiddwn, um projecto musical muito recente, cuja estrutura divaga pelo lado mais negro das pistas de dança.